domingo, 15 de novembro de 2009

A HISTÓRIA DA PSICOLOGIA DO ESPORTE NO BRASIL E NO MUNDO

Considerada pelos iniciantes como um produto dos anos 1980, a psicologia do esporte tem sua história escrita a partir do início do século XX, na Rússia e nos Estados Unidos, e mais precisamente a partir da Copa do Mundo de Futebol de 1958, para o Brasil (RUBIO, 2007).

Muitos estudos e trabalhos que foram produzidos enfocam, basicamente, a psicoterapia para determinação de perfis psicológicos, na busca da relação entre tipo ideal e modalidade de posição na equipe, de ainda tipos de intervenção cujo objetivo é a busca da vitória. A psicologia do esporte no Brasil teve seu marco inicial através da atuação e estudos de João Carvalhaes, profissional com grande experiência, chamado para atuar junto ao São Paulo Futebol Clube (op. cit.).

Há algumas décadas a psicologia do esporte no Brasil vem se desenvolvendo, mas foi a partir da resolução 014/00, do CFP que foi considerada como especialidade. O desenvolvimento da psicologia do esporte no Brasil partiu de uma avaliação única que se refere à avaliação e construção do uso de técnicas de intervenção para o aumento esportivo, visando também o bem estar pessoal do atleta (op. cit.).

A psicologia do esporte brasileiro ainda busca sua maturidade, é na pratica da intervenção psicológica junto a atletas e equipes que se pode observar a multiplicidade de perspectivas e o seu vigor. A psicologia do esporte não se limita a atuar apenas junto a um restrito grupo (esporte de alto rendimento), visa também o esporte realizado por pessoas ou grupos que praticam exercício, que treinam regularmente para competições, mas com o objetivo de chegar até o final da prova ou superar a própria marca, e não necessariamente um adversário (op. cit.).

Um comentário:

  1. Gostei muito do documentário, sou estudante de Educação Física e estou vendo psicologia do esporte e isso serviu muito.

    ResponderExcluir